A maior beleza das aves está na sua liberdade!
Muitas coisas o pássaro diria, se pudesse falar.
E a tua alma, criança, tremeria, vendo tanta aflição.
E a tua mão, tremendo, lhe abriria a porta da prisão...
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008
Natal com frio? - Poema

Na casa do passarinho,

o Natal é festejado

com luzes e azevinho;

como em qualquer outro lado.

 

Já neve é facultativo,

porque o clima é quem a manda.

Fica o pássaro cativo

ou foge pra outra banda.

 

Com a fêmea desejada

quer um lar aconchegado,

sem a prole constipada.

 

Busca um clima ensolarado.

Mas deixa a casa enfeitada

porque o Natal é sagrado.

------------------------

23/09/2011

Laura B. Martins
Soc. Port. Autores nº 20958


TAGS - temas do blog
(clique em cima):
,

publicado por LauraBM às 22:41
link do post | E custa, comentar neste blog?
 O que é?

R O D A P É

Frase Especial

"Não há crueldade pior que pensar e acreditar que os animais existem para servir o Homem."
--------------------
Gabriela Toledo

Ama a Natureza?

"Então, não compre artesanato que contenha partes de animais.
Se ninguém comprar, os traficantes terão que mudar de atividade e milhões de animais deixarão de ser sacrificados."

Algo mais sobre mim
TAGS - temas do blog
(clique em cima)

00-especial

000-homenagens

01-animais do ar

02-animais do mar

03-animais da terra

04-eles são assim

04-fábulas

05-animais de amigos

06-saúde animal

07-artigos divertidos

08-pense nisto

09-poemas outros

10-crónicas-laura

10-poemas-laura

11-ternuras e piadas

12-datas especiais

12-natal

todas as tags

Meter o nariz no blog...
 
subscrever feeds
Novidades no blog

Não volte passarinho

Morreu-me uma andorinha

Uma questão de perspectiv...

Natal - 2013

Apostas e queixinhas

Libélula dourada - poema

Inglês aportuguesado

Tal como eu!...

Abraço de koala

ela (irresistível) e os m...

Aproveitando o banho...

Falcões peregrinos - poem...

Antiguidades óptimas
Também gostará de:

10 blogs para conhecer no...

Sua presença basta

Poema - Mais vale guardar...

Links especiais:
Fazer olhinhos